terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Jacaré rouba peixe que adolescente havia fisgado em píer nos EUA

Vídeo publicado no Facebook por um grupo de pescaria mostra o jovem animado com sua captura, quando o réptil surge e rouba o peixe.

Jacaré roubou peixe que adolescente havia fisgado em píer nos EUA (Foto: Reprodução/Facebook/Bass Masters And Fish Experts)

Um aligátor (jacaré americano) roubou um peixe que um adolescente havia fisgado em um píer nos EUA. Assista ao vídeo.

Um vídeo publicado no Facebook por um grupo de pescaria mostra o jovem animado com sua captura, quando o réptil surge e rouba o peixe.

Um outro pescador chega a avisar o garoto que um jacaré vinha na direção do píer, mas não deu tempo de ele evitar que o predador levasse a refeição.

Publicado no Facebook, o vídeo alcançou mais de 8 milhões de visualizações.

Outro pescador chega a avisar o garoto que um jacaré vinha na direção do píer, mas não deu tempo de ele evitar que o predador levasse a refeição (Foto: Reprodução/Facebook/Bass Masters And Fish Experts)

Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Massa elogia Mercedes e se diz surpreso com desempenho da Ferrari

Para o piloto brasileiro, Mercedes e Ferrari já despontam como possíveis favoritos para o Mundial deste ano

Felipe Massa disse que ficou satisfeito com o rendimento do novo carro da equipe (Williams F1 Team/Facebook)

De volta ao comando de uma Williams, após anunciar a aposentadoria no fim da temporada passada, Felipe Massa disse que ficou satisfeito com o rendimento do novo carro da equipe, mas não escondeu a surpresa pelo bom rendimento da Mercedes e da Ferrari no primeiro dia de testes da pré-temporada da Fórmula 1, no Circuito da Catalunha, em Montmeló, na Espanha.

Para o piloto brasileiro, Mercedes e Ferrari já despontam como possíveis favoritos para o Mundial deste ano. “Acho que as duas equipes estão bem forte. Foi apenas o primeiro dia, mas o que eu posso dizer é que eles se tornaram competitivos muito rapidamente. Rapidamente, fizeram grandes voltas. E, quando isso acontece, significa algo na briga pelo campeonato”, afirmou Massa.

Terceiro mais veloz do dia, o brasileiro só ficou atrás justamente da Mercedes de Lewis Hamilton e da Ferrari de Sebastian Vettel. Massa foi três décimos mais lento que o inglês, e dois acima do piloto alemão.

Apesar da maior velocidade exibida por Hamilton, o brasileiro se mostrou mais surpreso com o ritmo da Ferrari. Isso porque o inglês e Massa usaram pneus macios em suas voltas mais rápidas. Vettel, por sua vez, estava com pneus médios, considerados mais lentos que os macios. “A Ferrari fez uma volta muito boa com pneus médios”, frisou Massa. “O carro deles parece muito bom.”

Um dos veteranos do atual grid da F-1, Massa comparou o carro novo da Williams com o modelo do ano passado, com design e aerodinâmica bem diferentes por causa da mudança no regulamento técnico que aconteceria antes do início da temporada 2017. “Existe uma grande diferença. Tive uma sensação boa do ponto de vista da pilotagem”, avaliou o brasileiro.

Com as alterações no regulamento técnico, os novos carros da F-1 são maiores e com pneus mais largos. Para a adaptação, os monopostos também contam com asas dianteira e traseira maiores. A previsão é de que os carros da temporada 2017 sejam até cinco segundos mais velozes do que os de 2016.

“O carro tem muito mais pressão aerodinâmica, maior aderência nas curvas, com pneus também mais aderentes. Assim, o comportamento do carro também é diferente nas curvas. Você pode atacar mais [a curva], buscar mais velocidade em cada uma delas”, analisou Massa, que voltará a testar pela Williams na quarta-feira. Nesta terça será a vez do jovem Lance Stroll.

Massa havia anunciado sua aposentadoria no fim da temporada passada, ao se ver sem espaço nas grandes equipes para estender sua permanência na F-1. No entanto, ganhou uma nova chance na Williams em razão da saída do finlandês Valtteri Bottas rumo à Mercedes, que perdera o alemão Nico Rosberg, aposentado, no fim do ano.

(Com Estadão Conteúdo)
fonte
Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Marcela Temer e Michelzinho passeiam de lancha na Bahia

Marcela e o presidente Michel Temer passam o feriado de Carnaval na Base Naval de Aratu, em Salvador

Marcela e o presidente, Michel Temer, passam o feriado de Carnaval na Base Naval de Aratu (Pedro Ladeira/Folhapress)

A primeira-dama Marcela Temer passeou de lancha na manhã desta segunda-feira na Base Naval de Aratu, na Bahia. Ela estava acompanhada do filho, Michelzinho, e da mãe, Norma Tedeschi.

Marcela e o presidente Michel Temer passam o feriado de Carnaval na Base Naval de Aratu. A família deve retornar para Brasília ainda na terça-feira (28).

Localizada às margens da Baía de Todos os Santos, em Salvador, a base da Marinha já foi utilizada pelos ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva em feriados prolongados.

No final do ano, Temer e a família viajaram para a restinga da Marambaia, no Rio de Janeiro, outra unidade militar.

Ao escolher a Base de Aratu, Temer buscou privacidade, inclusive para preservar a primeira-dama e impedir, por exemplo, que sejam feitas imagens dela em trajes de banho.

Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Com o pai preso, filho de Cabral passeia pela Sapucaí

Um dos poucos políticos que deram as caras no carnaval carioca, deputado federal Marco Antônio Cabral circulou entre os camarotes e a pista

Marco Antônio Cabral, já com o dia raiando, chega para o camarote do Uol, onde ficou poucos minutos antes de partir em disparada pela Sapucaí (Leslie Leitão/VEJA)

Eram tempos de vacas gordas e liberdade. Sérgio Cabral era sempre uma das estrelas da noite fora da Avenida, na Sapucaí. A expectativa por sua chegada ao camarote que o governo do Rio de Janeiro mantinha gastando alto criava cenários de recepção a um pop-star. Os tempos de crise e o fato de o pai estar preso, no entanto, não deixaram o filho Marco Antônio de fora da folia. Um dos poucos políticos que passaram pela avenida na primeira noite do Grupo Especial, Cabralzinho chegou tarde – por volta das 3h – e não parou um segundo.

Agitado, ele caminhava rápido, às vezes de cabeça baixa. Atrás, alguns poucos amigos e dois seguranças aceleravam o passo para não perder o patrão de vista. Já com o dia claro e a Beija-Flor desfilando, Marco Antônio chegou a um camarote no setor 8. Pediu para colocar um amigo para dentro, vestiu um boné e entrou no espaço. Estava agitado demais. Ficou poucos minutos.

Dali, saiu em disparada de novo. Deu a famosa ‘carteirada’ nos seguranças da Liesa que faziam a segurança do acesso à pista e colocou os que o seguiam para dentro.

A Sapucaí era um palco de celebração da família Cabral. Foi numa dessas noites de festa que, em 2010, um vídeo viralizou com o Cabral pai – então governador e visivelmente alcoolizado – anunciando que Dilma Rousseff, ministra de Minas e Energia de Lula à época, seria a candidata petista à eleição presidencial no final daquele ano.

Outro momento marcante do Cabral fanfarrão na Avenida ocorreu em 2013. De tênis verde e uma camisa rosa, ele caiu no samba durante o desfile de sua escola do coração, a Mangueira. Chegou a reger os ritmistas e a ‘roubar’ o chocalho de um deles para tocar o instrumento. No ano seguinte, seu último no poder e quando a popularidade estava mais baixa, Cabral abusou da informalidade, usando camisa polo e chapéu Panamá. Também distribuiu afagos. Chegou a beijar no rosto o prefeito Eduardo Paes e jogou água na boca dos ritmistas para matar a sede deles.

Em 2014 Marco Antônio desfilou na bateria da Mangueira, enquanto o pai curtia do camarote (Divulgação)

Por Leslie Leitão e Luisa Bustamante
Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Sem Rodriguinho, Corinthians viaja com Jadson e Pedrinho

O nome de Jadson consta na lista de relacionados do técnico Fábio Carille para a partida em Santa Catarina

O meia Jadson deverá realmente fazer a sua reestreia pelo Corinthians contra o Brusque, na noite de quarta-feira, pela Copa do Brasil (Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

O meia Jadson deverá realmente fazer a sua reestreia pelo Corinthians contra o Brusque, na noite de quarta-feira, pela Copa do Brasil, conforme havia planejado. O nome do jogador consta na lista de relacionados do técnico Fábio Carille para a partida em Santa Catarina.

Na tarde desta segunda-feira, Jadson participou de uma atividade técnica com os jogadores que não foram titulares na vitória por 3 a 2 sobre o Mirassol, no sábado, e atuou centralizado, e não na ponta direita, como se acostumou no Campeonato Brasileiro de 2015 e nos últimos treinamentos realizados no CT Joaquim Grava.

A armação central do Corinthians cabia a Rodriguinho, que desfalcará o Corinthians diante do Brusque. O jogador tem uma contratura de grau leve na coxa esquerda e já não havia se ausentado da rodada passada do Campeonato Paulista. Ainda assim, a tendência é de que Jadson fique no banco de reservas em Santa Catarina.

Outra novidade entre as opções de Fábio Carille para a partida é o jovem Pedrinho. Destaque na conquista do título da Copa São Paulo deste ano, o atacante não está inscrito no Campeonato Paulista, porém chamou a atenção do treinador e tornou-se mais um apto a estrear no decorrer do confronto com o Brusque.

Quem também está de volta é o meia Giovanni Augusto, livre de uma lesão muscular na coxa direita. Já outros armadores sob os cuidados do departamento médico – Marlone (que treinou em campo nesta tarde), Marquinhos Gabriel e Guilherme – terão que esperar um pouco para mais para jogar novamente.

Confira a lista de relacionados do Corinthians para o jogo contra o Brusque:

Goleiros

Caíque, Cássio e Matheus Vidotto

Laterais

Fagner, Guilherme Arana e Léo Príncipe

Zagueiros

Balbuena, Pablo, Pedro Henrique e Vilson

Volantes

Fellipe Bastos, Gabriel, Marciel, Maycon e Paulo Roberto

Meias

Giovanni Augusto e Jadson

Atacantes

Jô, Kazim, Léo Jabá, Pedrinho e Romero

(Com Gazeta Press)
Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Após queda na Copa do Brasil, Coritiba demite Carpegiani

Carpegiani é o primeiro técnico demitido nesta temporada por um dos 20 clubes que vão disputar o Campeonato Brasileiro

Nessa passagem pelo Coritiba, Carpegiani acumulou dez vitórias, dez empates e 11 derrotas (GIULIANO GOMES/PR PRESS/Estadão Conteúdo)

O técnico Paulo César Carpegiani não resistiu ao começo ruim de temporada do Coritiba, que incluiu a eliminação precoce na Copa do Brasil. Nesta segunda-feira, a diretoria do time paranaense anunciou a demissão do treinador. O auxiliar técnico Rodrigo Carpegiani também foi desligado da comissão.

“Em nome da diretoria administrativa quero agradecer ao Carpegiani pelo trabalho realizado ano passado e este ano. Foram meses de dedicação e profissionalismo que deixarão lições para o clube”, afirmou o presidente do Coritiba, Rogério Portugal Bacellar.

Carpegiani é o primeiro técnico demitido nesta temporada por um dos 20 clubes que vão disputar o Campeonato Brasileiro. E como o seu substituto não foi definido, o time será dirigido pelos membros da comissão técnica permanente no clássico desta quarta-feira com o Atlético, pelo Campeonato Paranaense, que foi adiado em razão de problemas envolvendo os seus direitos de transmissão.

Nessa passagem pelo Coritiba, Carpegiani acumulou dez vitórias, dez empates e 11 derrotas. O treinador conseguiu evitar o rebaixamento do time no Brasileirão de 2016 – fechou o torneio em 15º lugar -, mas em 2017 a equipe ocupa apenas o sexto lugar no Campeonato Paranaense. Além disso, na última quinta-feira, foi eliminado pelo ASA na segunda fase da Copa do Brasil.

No revés por 2 a 0, no Couto Pereira, Carpegiani igualou Tim como o quarto técnico que mais vezes dirigiu o Coritiba, com 126 jogos. Ele está atrás apenas de Felix Magno (201), Dirceu Krüger (185) e Marcelo Oliveira (131).

Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Herdeiro de Samsung vai responder por suborno e peculato

Lee Jae-yong é acusado de fazer repasses a entidades ligadas a amiga da presidente afastada em troca de aval para fusão de duas das suas filiais

Lee Jae-yong: a Samsung admite os pagamentos, mas nega motivação política (Chung Sung-Jun/Getty Images)

O herdeiro do grupo Samsung, Lee Jae-yong, e outros quatro executivos da empresa serão formalmente acusados de suborno, segundo promotores sul-coreanos. Lee, de 48 anos, está preso desde o último dia 17, acusado de autorizar repasses da Samsung para Choi Soon-sil – amiga íntima da presidente afastada Park Geun-hye e apelidada de “Rasputina”, por sua proximidade com a governante -, em troca de aval para a fusão de duas filiais. Além de suborno, Lee também vai responder pelos crimes de peculato e ocultação de dinheiro no exterior, conforme a agência sul-coreana Yonhap.

O herdeiro da Samsung está no centro da investigação do escândalo que abalou o cenário político e o setor empresarial da Coreia do Sul e levou ao impeachment da presidente Park Geun-hye. O Tribunal Constitucional do país deverá decidir sobre o afastamento definitivo de Park nas próximas semanas.

Lee estaria envolvido no pagamento de cerca de US$ 37 milhões feito pela Samsung a entidades supostamente controladas por uma amiga de Park. Segundo promotores, o dinheiro foi repassado para garantir o apoio do governo a uma polêmica fusão de duas afiliadas da Samsung que consolidaria o controle de Lee na Samsung Electronics, maior fabricante mundial de smartphones. Lee, Park e sua amiga, Choi Soon-sil, negam as acusações. Já a Samsung admite os pagamentos, mas nega que tivessem motivação política.

(Com EFE e Estadão)
Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Parte de carro alegórico despenca e deixa feridos na Sapucaí

Acidente com carro da Unidos da Tijuca deixou 15 feridos

Bombeiros retiram feridos de carro alegórico após acidente - 28/02/2017

A parte da estrutura superior de um carro alegórico da Unidos da Tijuca despencou, logo no início da Sapucaí. Os bombeiros foram ágeis no resgate e retiraram as pessoas envolvidas. Algumas estavam machucadas e saíram em macas e cadeiras de rodas. Segundo a rede Globo, dez pessoas foram atendidas na Sapucaí e cinco foram encaminhadas para hospitais — duas em estado grave, um caso de traumatismo craniano e outro com trauma abdominal.

A alegoria ficou parada por cerca de 20 minutos, enquanto era feita a retirada dos carnavalescos. Uma ambulância entrou na avenida para ajudar no socorro à algumas vítimas em situação delicada. Outras foram encaminhadas para o posto local. Após a saída das pessoas, o carro foi escoltado ao longo da avenida para a dispersão. Assim, ele abriu espaço para as demais alegorias, que estavam à espera do caminho livre.

O tema da escola é uma homenagem ao saxofonista Louis Armstrong e o compositor Pixinguinha, em um tributo à importância dos dois para a música do Continente Americano. O carro em questão era voltado para o americano e sua cidade, Nova Orleans.

Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Messi decide e Barcelona bate Atlético de Madri

O Barcelona precisou do talento de Lionel Messi para garantir a vitória por 2 a 1

Lionel Messi comemora com Neymar o gol da vitória (Denis Doyle/Getty Images)

O estádio Vicente Calderón recebeu neste domingo um clássico cheio de emoções. O Barcelona venceu o Atlético de Madri pela 24ª rodada do Campeonato Espanhol. Messi marcou nos minutos finais e decretou a vitória por 2 a 1. Rafinha (Barcelona) e Godín foram os autores dos outros gols.

as equipes se agrediram sem medo, criando muitas chances de gol. Num lance de sorte, após chute de Neymar que desviou na defesa, Suarez chutou, e a bola novamente bateu na zaga, e sobrou para Rafinha acertar chute cruzado e marcar 1 a 0. O empate veio em cruzamento feito de cobrança de falta, e o zagueiro Godin subiu bem e, desviou para o gol sem chances para Ter Stegen.

E aí Messi precisou tentar duas vezes para marcar: após o primeiro chute ter sido bloqueado pelo zagueiro Savic, no rebote a rápida reação do craque argentino foi suficiente para vencer Oblak com toque sutil para o fundo do gol.

Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Motorista que atropelou vinte na Sapucaí está foragido

Identidade do condutor do carro alegórico não foi apresentada pela Paraíso do Tuiuti. Até agora, polícia não sabe seu nome e nem como ocorreu sua fuga

Último carro da Tuiuti, apreendido pela Policia Civil. Uma nova perícia será realizada para descartar uma possível falha mecânica (Leslie Leitão/VEJA)

O motorista do último carro alegórico da Paraíso do Tuiuti, que atropelou pelo menos 11 pessoas – deixando três gravemente feridas – na abertura do Grupo Especial, no fim da noite de domingo, está foragido. A Polícia Civil tenta agora identificar o condutor do veículo, já que a escola de samba prometeu levar a documentação e apresentar o motorista, mas até o final da primeira noite de desfiles nada disso foi feito. Os investigadores buscam descobrir em que momento o condutor inicial fugiu, já que teria sido um mecânico da escola quem conduziu o carro pela Marquês de Sapucaí no desfile.

Através de imagens de câmeras de tevê e do circuito de monitoramento da avenida os investigadores tentarão determinar o exato momento em que o motorista que dirigia na hora do acidente foi trocado. Policiais militares que estavam próximo não conseguiram impedir a fuga. O veículo continuou o desfile e só foi interceptado do outro lado da Sapucaí. Policiais civis descobriram, então, que o carro estava sendo pilotado pelo mecânico da escola. “Só não sabemos em que momento houve a troca”, diz um investigador.

O delegado da 6ª DP (Cidade Nova), William Bezerra, disse que o trabalho da perícia inicial, no local do fato, foi satisfatório. “A perícia vai trazer um dado importante, que indica que o campo de visão do condutor é muito pequeno. Na verdade, ele depende muito da orientação das pessoas de fora. O trabalho dele é manter o carro numa faixa amarela que tem pintada por toda a Avenida”, diz.

O delegado falou também que na primeira perícia realizada o veículo não apresentou defeito mecânico. Na manhã desta segunda-feira, porém, uma nova perícia de engenharia será realizada para confirmar se realmente não houve algum problema no carro.

Por Leslie Leitão e Luisa Bustamante
Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Ivete brilha, Crivella falta e Salgueiro apresenta o diabo

Depois de mistério durante a semana, prefeito-bispo se ausenta e perde desfiles em homenagem à cantora baiana e ao inferno da "Divina Comédia"


O primeiro dia de desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro começou em baixo astral. A chuva e a tragédia que deixou oito pessoas feridas na apresentação da Paraíso do Tuiuti esfriaram os ânimos na Marquês de Sapucaí. Só com a presença da cantora Ivete Sangalo, tema do enredo da Grande Rio, é que as arquibancadas voltaram a se contagiar.

Pela primeira vez desde 1984, o prefeito da cidade não prestigiou os desfiles no primeiro ano do seu mandato. Depois de fazer mistério durante toda a semana, Marcelo Crivella não apareceu na Avenida para assistir às escolas do Grupo Especial. Ele, que é bispo licenciado da igreja Universal, também já havia quebrado outro protocolo simbólico do Carnaval Carioca. Na sexta-feira, Crivella não entregou a chave da cidade para o Rei Momo.

Abaixo o que o prefeito perdeu esta madrugada na Sapucaí:

Paraíso do Tuiuti
É duro abrir o desfile das escolas de samba no domingo de Carnaval. A tarefa é destinada à agremiação que estava no Grupo de Acesso no ano anterior – ou seja, uma forte candidata a cair novamente para a segunda divisão do samba.

No caso da Paraíso do Tuiuti, um agravante: tudo o que a escola fez na Avenida acabou ofuscado pelo atropelamento provocado por um dos seus carros alegóricos. Oito pessoas ficaram feridas, uma delas em estado grave.

A escola da Zona Norte do Rio apresentou um enredo sobre o tropicalismo. O desfile foi até correto, mas o destino da Paraíso será a briga para não ser rebaixada.

Grande Rio
A homenagem da escola de Duque de Caxias para Ivete Sangalo era o momento mais esperado da noite de domingo – e a espera valeu a pena para os fãs da cantora. Ivete não se limitou a aparecer no carro alegórico que encerraria o desfile (prática comum de artistas temas de enredos na Sapucaí). Ela comandou a coreografia da comissão de frente, que contagiou a Avenida. Animada, a escola tinha na ponta da língua o samba de fácil assimilação do público (especialmente o refrão “Salve toda essa gente de fé, o tambor da invocada promete, Levanta a poeira, Ivete”).

O desfile da Grande Rio aproveitou para contar um pouco da história da Bahia, terra natal de Ivete. Também fez referências a músicas da cantora e a sua participação em programas de TV como o The Voice Kids.

O desfile foi bonito, mas deu a sensação de que pode ter faltado algo para arrebatar os jurados e pôr fim ao jejum de títulos da Grande Rio no carnaval carioca. Mas, verdade seja dita, foi a única escola a arrepiar a Avenida graças a Ivete.

Imperatriz
Terceira a desfilar na noite, a Imperatriz Leopoldinense levou para a avenida o polêmico samba-enredo Xingu, o Clamor que vem da Floresta. O tema despertou a ira dos ruralistas desde o início de janeiro, quando foi anunciado. A ponto do senador Ronaldo Caiado propor uma CPI para apurar quem são os financiadores do desfile que busca “denegrir o agronegócio”.

Na pista, a escola passou longe da polêmica. A ousadia ficou por conta de um carro alegórico inteiro com mulheres de seios de fora (sim, hoje isso é audacioso) e as paradinhas da bateria. Fora isso, a Imperatriz exibiu um punhado de alegorias que pareciam já ter passado pela Avenida nos últimos anos.

O desfile provavelmente colocará a escola em um nível intermediário na classificação geral. Dependendo do desempenho dos adversários na segunda-feira, é possível até brigar por um lugar no Desfile das Campeãs.

Vila Isabel
Depois do título no Carnaval de 2013, a Vila Isabel coleciona desempenhos decepcionantes na Avenida. A tendência é que mantenha a performance este ano e fique mais uma vez de fora do desfile das campeãs. Uma pena para Martinho da Vila e Sabrina Sato, estrelas que mais uma vez abrilhantaram a Sapucaí com seu carisma.

A escola levou ao Sambódromo um enredo sobre a influência africana nas Américas, especialmente na música. Na última alegoria, uma recriação de Kizomba, o enredo de 1988 que sagrou a Vila campeã. Alguns carros tiveram problemas de acabamento, o que fatalmente gerará perda de pontos para a escola.

Salgueiro
Os fotógrafos da Sapucaí lamentaram a ausência de Marcelo Crivella. Imaginavam fazer imagens do prefeito ao lado de carros alegóricos com referência ao diabo (haviam três deste tipo no desfile do Salgueiro).

A escola da zona Norte do Rio levou para a Avenida um enredo sobre a Divina Comédia de Dante Alighieri. Especialmente no início do desfile, o impacto visual dos carros e fantasias foi muito forte. Sem erros, o Salgueiro deverá brigar pelo título.

Beija-flor
A escola de Nilópolis irrita os rivais, mas o fato é: basta pisar na Avenida para vestir o manto do favoritismo. Não foi diferente no primeiro dia de desfiles. Com alegorias exuberantes, a Beija-flor fechou com chave de ouro o início da manhã de segunda-feira.

A grande novidade da Beija-Flor foi o fim do conceito de alas em alguns trechos do desfile. Integrantes com várias fantasias de cores diferentes integravam o mesmo grupo na Avenida.

Por Thiago Prado
Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Mulher aproveita para tirar selfie enquanto boiava no Mar Morto

Cena ocorreu na segunda-feira (20) e foi registrada pelo fotógrafo Ammar Awad.

Usando um pau de selfie, uma mulher aproveitou para tirar uma selfie enquanto boiava no Mar Morto, em Ein Bokeq, em Israel. A cena ocorreu na segunda-feira (20) e foi registrada pelo fotógrafo Ammar Awad.

Mulher aproveitou para tirar uma selfie enquanto boiava no Mar Morto (Foto: Ammar Awad/Reuters)

Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Policial 'apressado' deixa posto com bocal de bomba pendurado em viatura

Polícia postou a foto e fez brincadeira com o incidente ocorrido na Flórida.

Um policial que estava aparentemente com pressa para voltar ao trabalho na Flórida saiu de um posto de gasolina com o bocal da mangueira de combustível pendurado no seu carro.

O escritório do xerife do condado de Volusia postou uma foto do carro de patrulha com o bocal pendurado.
Policial 'apressado' deixa posto com bocal de bomba pendurado em viatura (Foto: Volusia County Police/Twitter) Policial 'apressado' deixa posto com bocal de bomba pendurado em viatura (Foto: Volusia County Police/Twitter)

Policial 'apressado' deixa posto com bocal de bomba pendurado em viatura (Foto: Volusia County Police/Twitter)

"Quando você está com pressa de voltar ao trabalho", diz o tuíte.

Um porta-voz explicou que o policial estava enchendo o tanque quando começou a chover. Ele resolveu esperar um pouco e, quando deu a partida, esqueceu de retitar o bocal.

O policial só percebeu a mancada quando foi avisado por outro motorista, que tirou a foto.

O bocal foi devolvido à bomba.

Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Americana é presa acusada de realizar 'dança erótica' para idoso de 100 anos

Acusada de crime sexual, Brittany Fultz disse que tudo não passou de uma brincadeira e seu objetivo era fazer com que o idoso se sentisse bem.

Acusada de crime sexual, Brittany Fultz disse que tudo não passou de uma brincadeira e seu objetivo era fazer com que o idoso se sentisse bem (Foto: Erie County Jail via AP)

A americana Brittany Fultz alegou inocência em uma audiência na terça-feira (21) no estado de Ohio, nos EUA, após ser presa no dia 17 de fevereiro acusada de realizar uma "dança erótica" para um idoso de 100 anos em um asilo.

Acusada de crime sexual, Brittany Fultz disse que tudo não passou de uma brincadeira e seu objetivo era fazer com que o idoso se sentisse bem.

"O homem sabia exatamente o que estava acontecendo", disse o advogado de defesa, Geoffrey Oglesby.

A polícia alega que a mulher mostrou os seios e o bumbum enquanto dançava na frente do homem em dezembro do ano passado.

Segundo a polícia, o zelador do asilo gravou a "dança erótica" e mostrou o vídeo para um supervisor, que informou neste mês o incidente à polícia.

Uma investigação foi aberta, levando à prisão da mulher na última sexta-feira (17).

Polícia alega que a mulher mostrou os seios e o bumbum enquanto dançava na frente do homem em dezembro do ano passado (Foto: Reprodução) Polícia alega que a mulher mostrou os seios e o bumbum enquanto dançava na frente do homem em dezembro do ano passado (Foto: Reprodução)

Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Ex-goleiro Bruno tem propostas para voltar a jogar, diz advogado

Defensor, que não revelou os clubes interessados, afirmou que ele vai retomar a carreira ‘se conseguir superar as dificuldades do retorno à vida social’

O ex-goleiro Bruno, que será solto e pretende voltar a jogar (Alexandre Guzanshe/Fotoarena/VEJA)

O advogado do ex-goleiro Bruno Fernandes de Souza, 32 anos, que ganhou o direito de deixar a prisão após seis anos e sete meses, disse nesta sexta-feira que seu cliente recebeu emocionado a notícia de que seria solto e já tem propostas para voltar a jogar – ele não revelou quais seriam esses clubes.

“Sei que tem propostas de trabalho em alguns times de futebol até para jogar campeonatos estaduais por aí e ele vai tomar o caminho que achar melhor. Ele vai se dedicar, está com 30 anos (32 anos, na verdade), tem aí um bom período, se conseguir superar as dificuldades do retorno à vida social”, disse o advogado Lúcio Adolfo.

Quando Bruno foi preso, ele vivia ótima fase no Flamengo e seu nome era constantemente especulado para a seleção brasileira. No clube carioca, jogou de 2006 a 2010. Antes, atuou pelo Atlético-MG entre 2002 e 2006. Também em 2006, teve uma passagem-relâmpago pelo Corinthians, mas apenas treinou e não disputou nenhuma partida.

Em 2013, Bruno foi condenado a 22 anos de prisão pelo assassinato da namorada Eliza Samudio, que seria mãe de um filho dele – que o ex-goleiro não reconhecia. Nesta sexta-feira, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello concedeu habeas corpus para soltar Bruno.

Na decisão, o ministro argumentou que ele tem o direito de aguardar em liberdade o julgamento de seu recurso – que está parado há quatro anos no Tribunal de Justiça de Minas Gerais -, já que é réu primário e possui bons antecedentes criminais. “Colocou-se em segundo plano o fato de o paciente ser primário e possuir bons antecedentes. A esta altura, sem culpa formada, o paciente está preso há seis anos e sete meses. Nada, absolutamente nada, justifica tal fato”, escreveu Marco Aurélio.

O advogado de Bruno disse não temer que a liminar seja derrubada. “Em liberdade, nós vamos poder provar que ele não impõe risco a ninguém”. Adolfo comentou ainda a decisão do Supremo. “O Bruno é primário, de bons antecedentes, tem trabalho licito. E está preso há sete anos, provisoriamente. Isso é um absurdo.”

(Com Estadão Conteúdo)

O goleiro Bruno Fernandes deixa a Apac (Associação de Proteção e Assistência ao Condenado) em Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte - 24/02/2017 (Flávio Tavares/Hoje em Dia/Estadão Conteúdo)

Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Após torpedo, Temer e Padilha se falam pelo telefone

Em pauta, a crise da vez

Contato (Evaristo Sá/AFP)

Michel Temer ligou para Eliseu Padilha hoje de manhã. Eles trataram, obviamente, sobre o torpedo disparado por José Yunes contra o Palácio do Planalto.

Por Gabriel Mascarenhas
Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

‘Ano que vem pode ser o último carnaval público’, diz Doria

Segundo o prefeito, já existem interessados na compra do sambódromo do Anhembi

O prefeito de São Paulo (SP), João Doria, acompanha o desfile da escola de samba Tom Maior no Sambódromo do Anhembi - 24/02/2017 (Heitor Feitosa/VEJA.com)

O prefeito de São Paulo, João Doria, afirmou nesta sexta-feira que pretende privatizar o sambódromo do Anhembi até o Carnaval de 2019. Ele disse que já existem interessados na compra do bem municipal, que todos os anos é palco do Carnaval de São Paulo.

Segundo Doria, a venda para a iniciativa privada ampliaria a captação de investimentos para o Anhembi, que além do sambódromo tem um grande espaço para receber eventos. “Ano que vem provavelmente será o último Carnaval público”, disse ele.

Cortes
A gestão Doria cortou neste ano os gastos com a comida e a bebida à vontade no camarote. Diferente dos anos anteriores, agora quem quer consumir tem que pagar. De acordo com Doria, a prefeitura desembolsou 130.000 reais para custear o camarote neste ano – em 2016, a despesa foi de 2,7 milhões de reais, disse o prefeito.
Cardápio do camarote da Prefeitura no Sambódromo do Anhembi

Cardápio do camarote da Prefeitura no Sambódromo do Anhembi (Heitor Feitosa/VEJA.com)

“O tempo da mordomia acabou”, afirmou o prefeito que ficou das 22h às 2h no camarote sem comer e beber nada. Conhecido por dormir pouco, Doria marcou agenda para este sábado às 9 horas no Grajaú.

Por Eduardo Gonçalves
Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Jovem confessa ter participado de execução de família em São Gonçalo

Informação foi confirmada pelo delegado Fábio Barucke nesta quinta-feira. Polícia procura ainda seu irmão gêmeo, Lucas Resende Matheus

Rio - Um jovem, de 23 anos, confessou ter participado da execução de uma família em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio. A informação foi confirmada pelo delegado Fábio Barucke, titular da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), na manhã desta quinta-feira. Matheus Resende Khalil é sobrinho de Soraya Gonçalves Resende, uma das vítimas assassinadas no último dia 17. Ele está prestando depoimento na delegacia, mas o mandado de prisão ainda não foi expedido.

Família inteira foi executada a tiros dentro de casa em São Gonçalo - Reprodução Facebook

Na ocasião, o marido, Wagner Salgado, e a filha de 9 anos, Geovanna Resende, também foram mortos em casa. Matheus é irmão gêmeo de Lucas Resende Matheus, que continua foragido. Na noite desta quarta-feira, a polícia já havia decretado a prisão de Lucas. O Portal dos Procurados está oferecendo uma recompensa de R$ 2 mil por informações que possam levar à prisão do suspeito.

Segundo a polícia, Lucas é o principal suspeito de executar a família em São Gonçalo - Divulgação

As vitimas foram assassinadas a tiros dentro da própria casa, no bairro do Barro Vermelho. De acordo com a polícia, a criança e a mãe foram mortas enquanto dormiam. Já Wagner, que era diretor da Ordem de Advogados do Brasil (OAB), foi atingido por três tiros na cabeça, chegou a ser socorrido com vida e foi internado no Hospital Estadual Alberto Torres, mas morreu na unidade de saúde.

A polícia investiga se a morte tem ligação com uma briga judicial envolvendo o inventário do pai de Soraya e de Simone Gonçalves de Resende, que é mãe de Lucas e Matheus. O processo, que tramita na 6ª Vara Cível de São Gonçalo, se arrasta há 20 anos.

Segundo a polícia, Lucas tentou se desfazer da arma do crime. A Justiça já concedeu mandado de busca e apreensão em quatro endereços. Em um deles, em Rio das Ostras, foi encontrado um revólver calibre 38.

Irmãos Lucas Resende (à esquerda) e Matheus Resende (à direita) são suspeitos de executar uma família em São Gonçalo - Divulgação

Quem tiver qualquer informação sobre Lucas pode denunciar por meio do WhatsApp ou Telegram dos Procurados (21) 96802-1650; pelo Facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo aplicativo do DD. Em todos os canais de denúncias, o anonimato é garantido.

por Guilherme Santos
Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Americana processa restaurante na Flórida após cair de estátua de burro

Kimberly Bonn pede US$ 15 mil ao restaurante El Jalisco pelas lesões que sofreu na queda.

Americana entrou com processo contra restaurante na Flórida após cair de estátua de burro (Foto: Reprodução/Facebook/For The Donkey)

Uma mulher processou um restaurante de comida mexicana em Tallahassee, capital da Flórida (EUA), após cair de uma estátua de burro em tamanho natural na qual subiu para tirar uma foto.
Kimberly Bonn pede US$ 15 mil ao restaurante El Jalisco pelas lesões que sofreu ao cair do burro, após os funcionários local "permitirem" e a "encorajarem" a subir na estátua.
No processo, Kimberly afirma que escorregou caiu no chão, o que lhe causou "ferimentos significaivos, inclusive a fratura de uma vértebra".
A mulher argumenta que o restaurante foi "negligente" ao permitir que as pessoas subam no burro sem tomar as medidas de segurança adequadas, tampouco advertir aos clientes que a "estátua era escorregadia".
Os advogados de Kimberly pedem um julgamento com júri e afirmam que sua cliente sofreu "lesões, dor e sofrimento, incapacidade, desfiguração, angústia mental e perda da capacidade de aproveitar a vida", além das despesas hospitalares.
O fato gerou reações de solidariedade com o restaurante e o burro, ao ponto de uma campanha nas redes sociais intitulada "For the Donkey" (Pelo burro) receber centenas de comentários favoráveis sob o lema "Just because you are an a_s doesn't mean you should be treated like one" (Só porque você é um asno não significa que deve ser tratado como um).

Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Cão quebra porta de vidro durante perseguição a gato na China

Cachorro se choca violentamente contra a porta. Devido ao impacto, o vidro despenca, mas, por sorte, o cão consegue escapar e não é atingido pelos estilhaços.

Um cão destruiu uma porta de vidro enquanto perseguia um gato na China.
As imagens das câmeras de segurança mostram o felino cruzando próximo à porta durante a fuga. Logo atrás vem o cachorro, que se choca violentamente contra a porta.
Devido ao impacto, a porta despenca, mas, por sorte, o cão consegue escapar e não é atingido pelos estilhaços. Assista ao vídeo.

Cão destruiu porta de vidro enquanto perseguia um gato na China (Foto: Reprodução/YouTube/People's Daily, China )

Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Goleiro pega três pênaltis e Botafogo vai para a Libertadores

Equipe carioca eliminou o tradicional Olimpia e se classificou para a fase de grupos do torneio. Atlético-PR também garantiu vaga

O goleiro do Botafogo Gatito Fernandez durante partida contra o Olimpia do Paraguai - 22/02/2017 (NORBERTO DUARTE/AFP)

Os dois times brasileiros que disputavam a pré-Libertadores garantiram na noite desta quarta-feira um lugar na fase de grupos do torneio. O Botafogo bateu o tradicional Olimpia, do Paraguai, nos pênaltis após derrota por 1 a 0 em Assunção. O herói da classificação foi o goleiro Gatito Fernández, que parou três cobranças. Já o Atlético-PR venceu o também paraguaio Deportivo Capiatá por 1 a 0 fora de casa.

Botafogo
A saga do Botafogo na Libertadores ganhou mais um capítulo emocionante e de sobrevivência. Após perder para o Olimpia, no tempo normal, por 1 a 0, mesmo resultado do seu triunfo no Rio, na semana passada, o time contou com a estrela do paraguaio Gatito Fernández, que defendeu três cobranças e garantiu a classificação com a vitória por 3 a 1 na disputa de pênaltis, no Defensores del Chaco. A único que o goleiro do time brasileiro não pegou foi a de Rodi Ferreira. Com eficiência máxima, Camilo, Rodrigo Pimpão e Victor Luís não desperdiçaram e garantiram a equipe carioca na próxima fase.

O Olimpia foi o segundo campeão da Libertadores a ser eliminado pelo Botafogo. Em confronto também dramático na fase anterior, o Botafogo deixou para trás o Colo Colo, do Chile. Após os dois confrontos de superação, os brasileiros garantiram lugar no Grupo 2, ao lado de Barcelona de Guayaquil, Atlético Nacional e Estudiantes.

Atlético-PR
O sonho da Libertadores também segue vivo para o Atlético-PR, que foi ao Estádio Erico Galeano Segovia, no Paraguai, e bateu o Deportivo Capiatá por 1 a 0, placar magro, mas suficiente para garantir a vaga na fase de grupos da competição. Na primeira partida, na última quarta-feira, na Arena da Baixada, empate em 3 a 3.

O Atlético-PR precisou de 11 minutos no primeiro tempo para furar a defesa e a catimba adversária. Após cobrança de escanteio, o argentino Lucho Gonzalez apareceu para bater forte e marcar o único gol da partida. Na próxima fase, o Atlético Paranaense entrará no Grupo 4, que tem Flamengo, San Lorenzo e Universidad Católica.

Lucho González do Atlético Paranaense.comemora o gol contra Deportivo Capiata do Paraguai – 22/02/2017 (Mario Valdez/Reuters)

Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

PF cumpre mandados de prisão no Rio em nova fase da Lava Jato

De acordo com a polícia, os investigados vão responder por prática de corrupção, fraude em licitações, evasão de divisas e lavagem de dinheiro, entre outros

Policiais federais estão nas ruas do Rio de Janeiro para cumprir mandados de busca e apreensão e prisão (PF/Divulgação)

A Polícia Federal está nas ruas do Rio de Janeiro desde as 6h desta quinta-feira para cumprir mandados de prisão da 38ª fase da Operação Lava Jato. São 15 mandados de busca e apreensão e outros dois de prisão preventiva. O nome da operação – Blackout – é uma referência ao sobrenome de dois dos operadores financeiros do esquema criminoso que envolve a Petrobras: Jorge Luz e Bruno Luz.

De acordo com a polícia, os investigados vão responder pela prática de corrupção, fraude em licitações, evasão de divisas e lavagem de dinheiro, entre outros crimes.

Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Mais delatores da Odebrecht envolvem chapa Dilma-Temer, diz PGR

Rodrigo Janot informou ao TSE que três delatores da Odebrecht prestaram informações que podem ser úteis no processo de cassação da chapa Dilma-Temer


Na iminência de os acordos de delação premiada de executivos da Odebrecht se tornarem públicos, três ex-executivos do conglomerado foram apontados pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, como peças que podem deixar ainda mais clara a atuação da chapa formada por Dilma Rousseff e Michel Temer em irregularidades nas eleições de 2014. Em ofício encaminhado ao ministro Herman Benjamin, relator do processo que pode levar à cassação de Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Janot aponta que as delações do ex-diretor de Relações Institucionais Alexandrino Alencar, amigo do ex-presidente Lula, do ex-presidente da Odebrecht Benedicto Barbosa da Silva Junior, responsável pela ponte entre a empreiteira e políticos, e de Fernando Reis, ex-presidente da Odebrecht Ambiental, tratam de episódios investigados pela Justiça Eleitoral no processo em que Dilma e Temer respondem por abuso de poder político e econômico.

Por ora, o ministro Herman determinou que sejam ouvidos o herdeiro do grupo Odebrecht, Marcelo Odebrecht, o ex-diretor de Relações Institucionais Claudio Melo Filho e o próprio Alexandrino. Os três vão prestar depoimento, na condição de testemunhas, no dia 1º de março, Quarta-feira de Cinzas, em Curitiba. Pelo fato de as delações deles ainda permanecerem em sigilo, as oitivas serão colhidas a portas fechadas e permanecerão sob o selo de confidenciais. Herman Benjamin não arrolou como testemunhas nem Benedicto nem Fernando.

Benedicto Barbosa da Silva Junior, conhecido como BJ, e Fernando Reis faziam parte do Setor de Operações Estruturadas, nome pomposo para o departamento de propinas da Odebrecht. Segundo os investigadores, há indícios de que BJ era o elo entre a empresa e o mundo político, o homem a ser “acionado” quando houvesse necessidade de intermediação de autoridades públicas. “É possível verificar que Benedicto é pessoa acionada por Marcelo para tratar de assuntos referentes ao meio político, inclusive a obtenção de apoio financeiro”, diz inquérito da Polícia Federal assinado pelo delegado Filipe Hille Pace.

“No curso das investigações relacionadas ao Grupo Odebrecht, foi possível identificar outros executivos que se encontravam proximamente vinculados ao presidente Marcelo Bahia Odebrecht, e sob os quais pairam indícios de que tenham ativamente participado da organização criminosa formada no âmbito daquele conglomerado empresarial para a prática de ilícitos penais. Um deles é Benedicto Barbosa da Silva Junior”, afirmou o Ministério Público ao pedir a prisão do executivo. Ele foi detido no ano passado e depois liberado após expirar o prazo de sua prisão temporária. Fernando Reis foi alvo de mandado de condução na fase batizada de Xepa, na Lava-Jato, em março do ano passado.

As investigações da 26ª fase da Lava Jato, batizada de Operação Xepa, escancaram o organizado sistema de pagamento de propina instalado na Odebrecht. “Era uma estrutura profissional de pagamento de propina dentro da Odebrecht e que não se limita a casos esporádicos. Eram pagamentos sistemáticos”, resumiu, na deflagração da fase ostensiva da operação, a procuradora Laura Gonçalves Tessler. Além de propinas em empreendimentos ligados à Petrobras, há indícios de pagamento de propina pela Odebrecht também nas áreas de óleo e gás, ambiental, infraestrutura e em estádios de futebol, por exemplo.

Por Laryssa Borges
Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Corinthians bate Palmeiras no clássico do centenário

Mesmo com um a menos, depois de ter um jogador expulso equivocadamente pelo árbitro, time da casa vence com gol aos 42 do segundo tempo

Jô do Corinthians comemora seu gol durante partida contra o Palmeiras, válida pela quinta rodada do Campeonato Paulista 2017.

O clássico do centenário entre Corinthians e Palmeiras, na noite desta quarta-feira, no Itaquerão com torcida única, teve todos os ingredientes que tornaram o dérbi uma das grandes rivalidades do país: polêmica, tensão, raça e emoção até o final. Em um duelo disputado e marcado por um erro de arbitragem, o Corinthians levou a melhor e, mesmo jogando com dez durante todo o segundo tempo, derrotou o Palmeiras por 1 a 0. O gol da vitória foi marcado por Jô, aos 42 minutos do segundo tempo.

O clássico – que completa cem anos em 2017 – foi prejudicado por um erro grave do árbitro Thiago Duarte Peixoto no fim do primeiro tempo. Ao marcar uma falta a favor do Palmeiras no meio de campo, o juiz deu o cartão amarelo para o jogador errado. Como já tinha sido advertido, o volante Gabriel foi expulso. O erro elevou a tensão na partida, que, apesar de ter sido promovida em clima de paz entre os dois times, foi marcada por lances ríspidos e trocas de empurrões.

O jogo
No primeiro lance de perigo, logo aos 2 minutos de jogo, Gabriel acertou um bom chute de fora da área e a bola passou perto do travessão de Fernando Prass. O Palmeiras deu o troco quatro minutos depois: Felipe Melo lançou e Keno chegou antes da defesa. O atacante finalizou na saída de Cássio, mas o goleiro conseguiu abafar o chute.

O clima esquentou pela primeira vez quando Gabriel deu um carrinho duro em Dudu no meio do campo e levou o cartão amarelo. Em uma imagem vista diversas vezes nesses cem anos de clássico, jogadores dos dois times trocaram empurrões. Um minuto depois, Raphael Veiga deu o troco e acertou Romero, também recebendo um amarelo.

O Palmeiras voltou a ameaçar aos 23 minutos. Depois de cobrança de lateral, Mina desviou e Keno chutou forte no travessão. Em seguida, um susto: Felipe Melo bateu a cabeça em Mena e levou a pior. O volante teve sangramento e voltou a campo com uma touca de natação.

Aos 45, veio o erro da arbitragem. Maycon puxou Keno para parar o contra-ataque do Palmeiras, mas o juiz Thiago Duarte Peixoto deu o amarelo para Gabriel, que não estava no lance. Como o volante já havia levado cartão, foi expulso. O erro revoltou os jogadores e a comissão técnica do Corinthians e houve confusão. Integrantes dos bancos de reserva das duas equipes se estranharam e o árbitro teve que sair para o intervalo escoltado pela polícia.

Com um a menos, o Corinthians se fechou na defesa na segunda etapa. E o Palmeiras pressionou: aos 13, gol anulado – corretamente. Um minuto depois, o ex-corintiano Willian acertou o travessão. Aos 19, Cássio salvou após cabeçada de Keno. Quando o centenário clássico já caminhava para o final e parecia que terminaria em um diplomático empate, veio o inesperado gol corintiano. Depois de um chutão da defesa, o palmeirense Guerra deixou a bola escapar, Maycon tocou para Jô, e o atacante finalizou por baixo de Prass.

Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Turbina de avião pega fogo e aeroporto de Congonhas é fechado

Aeronave da Latam que iria para Belo Horizonte teve um princípio de incêndio na hora da decolagem; ninguém ficou ferido

Bombeiros são acionados após turbina do avião da Latam explodir no aeroporto de Congonhas, em São Paulo (@ozgomes/Instagram)

Um avião da Latam registrou um princípio de incêndio em uma das turbinas durante a decolagem no aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo. Por causa do incidente, o aeroporto ficou fechado para pousos e decolagens por mais de uma hora: das 18h48 até as 20h07. Nenhum passageiro se machucou.

Segundo nota da Latam, o voo JJ3264 iria de Congonhas para o aeroporto de Confins, em Belo Horizonte. Bombeiros civis, que trabalham no aeroporto, foram acionados e apagaram o fogo. A aeronave foi removida da pista para o desembarque dos passageiros.

Vídeos gravados por pessoas que estavam no terminal mostram caminhões lançando jatos de água sobre o avião, que apresenta manchas pretas na asa direita.

A companhia informou que abriu um procedimento para investigar as causas do incidente. A Infraero, responsável pelo aeroporto, afirmou que a pista deve ser liberada ainda nesta noite.

Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Jair Ventura faz mistério na véspera de duelo contra o Olimpia pela Libertadores

Botafogo tem duelo decisivo contra clube paraguaio nesta quarta-feira

Paraguai - Na noite desta quarta-feira, o Botafogo joga as suas fichas para finalmente chegar a fase de grupos da Libertadores. Com a vantagem do empate, o Glorioso se prepara em solo paraguaio para enfrentar o Olimpia. Na véspera do confronto, Jair Ventura fechou o treino para não dar nenhuma pista de como a sua equipe será escalada na partida decisiva.

Jair Ventura concedeu entrevista coletiva - Reprodução Twitter

"É uma surpresa. Também não vou falar sobre o gol. Assim como todas posições, já definimos. A gente quer de alguma maneira tentar não dar armas ao adversário. Só por isso não revelamos a equipe. Peço a compreensão de todos", afirmou.

Há três dúvidas reais na escalação alvinegra. Helton Leite e Gatito Fernandéz disputam uma vaga no gol. Com Jonas suspenso, jovem zagueiro Marcelo deve atuar pela lateral, enquanto Carli volta para a zaga. No ataque, Roger deve seguir ao lado de Pimpão. A maratona de jogos foi algo bastante citado por Jair Ventura nos últimos dias.

"Trabalhamos muito na situação de recuperação, mesclamos na partida contra o Boavista. Quero ressaltar a força do elenco. Não é todo dia que a gente via uma partida perdendo de dois a zero. Sempre dando oportunidade. Por essa a questão o Leandrinho viajou conosco. Fica clara a questão de meritocracia”, revelou.

Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.

Polícia recupera carga roubada no Chapadão

Caminhão foi encontrado na manhã desta quarta-feira. Suspeitos conseguiram fugir

Rio - Policiais do 41º BPM (Irajá) recuperaram um caminhão com carga roubada na Rua B Quadra G, no Complexo do Chapadão, Zona Norte do Rio, na manhã desta quarta-feira. De acordo com informações da polícia, o veículo foi encontrado durante um patrulhamento pela comunidade. Os suspeitos conseguiram fugir. Até o momento, a PM ainda não informou a quantidade de produtos apreendidos.

Policiais recuperaram carga roubada no Complexo do Chapadão - Divulgação

Este site não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes. Não nos responsabilizamos por qualquer texto aqui veiculado.